Uso consciente de Madeiras

O uso de madeira maciça vem sendo embutido de preconceitos devido a exploração predatória de florestas nativas e a introdução de tecnologias baseadas na filosofia do consumo de materiais descartáveis como: os aglomerados, compensados etc. A madeira maciça é um material sustentável para construção, desde que assegurada sua procedência. Nesta projeto especificamos os seguintes tipos de madeira:

Madeira Taxodium (taxodium distichum)

Utilizada na confecção dos armários, a madeira de reflorestamento é proveniente da Faz. Sta Mônica, em Campinas.

Madeira Teca (tectona grandis)

Utilizada na confecção das divisórias, piso e forro, a madeira de reflorestamento possui selo de certificação florestal do FSC, Conselho de Manejo Florestal (Forest Stewardship Council), o que comprova que ela é produzida de forma sustentável.

Madeira de Demolição

Essas peças são usualmente feitas de madeiras nobres em extinção, provenientes de elementos de antigas construções, como esquadrias e assoalhos entre outros. Possibilita o reuso de peças que seriam descartadas, diminuindo a demanda por madeiras novas.

Bambú

Material altamente renovável e que pode substituir o uso da madeira . Foi utilizado como barra de segurança e teve sua rigidez garantida, através da aplicação de resina expansiva a base de óleo de mamona em seu interior.